Excelente estudo publicado pela Sociedade Brasileira de Pediatria sobre o uso da chupeta em crianças que estão em fase de amamentação.

 

A publicação do Lancet Breastfeeding Series em 2016 reuniu fortes evidências do impacto positivo da amamentação no curto e longo prazos na saúde das crianças e das mulheres que amamentam e, também, para a sociedade em países de alta, média e baixa renda. Tais evidências ratificam a proteção e o apoio à amamentação como um direito humano. Apesar da tendência crescente do aleitamento materno (AM) no Brasil verificada nos inquéritos nacionais realizados até o ano de 2008, a prevalência de 52,1% de amamentação em crianças menores de 24 meses e de 36,6% de amamentação exclusiva constatada na última Pesquisa Nacional de Saúde (2013) aponta para a estagnação nos indicadores de AM no País, os quais são considerados insatisfatórios pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Documento completo em PDF : clique aqui

Sobre o autor deste texto