Uma situação que raramente determina o desmame, mas que pode dificultar a amamentação, é o uso de medicamentos que podem alterar o gosto do leite materno. Medicamentos com sabor desagradável podem alterar o gosto do leite materno e provocar “greve de amamentação” pelo lactente (lista abaixo).

Nesses casos, as mães devem ser orientadas a evitar a amamentação no pico de concentração do medicamento no leite que, frequentemente, coincide com o pico sérico. Outra medida relevante é, quando possível, usar o medicamento pelo menor tempo possível.

Veja abaixo a lista completa atualizada conforme estudo recente de Agosto 2017 :

  • Aciclovir
  • Anlodipina
  • Azelastina
  • Azitromicina
  • Captopril
  • Cetirizina
  • Ciprofloxacin
  • Claritromicina
  • Clindamicina
  • Clomipramina
  • Cloranfenicol
  • Cloreto de potassio
  • Desipramina
  • Dextrometorfano
  • Didadosina
  • Dietilpropiona
  • Diltiazem
  • Dissulfiram
  • Donepezil
  • Doxepin
  • Doxiciclina
  • Efavirenz
  • Emedastina
  • Enalapril
  • Enoxacin
  • Eritromicina
  • Estavudina
  • Famotidina
  • Fentermina
  • Flecainide
  • Hidroclorotiazida
  • Imipramina
  • Indinavir
  • Iodeto de potassio
  • Labetolol
  • Lamivudina
  • Metronidazol
  • Mexiletina
  • Nedocromil
  • Óleo de fígado de bacalhau
  • Oxipentifilina
  • Penicilinas
  • Prednisolona
  • Procainamida
  • Propafenona
  • Propranolol
  • Ritonavir
  • Saquinavir
  • Sulfametoxazol +
  • Tinidazol
  • Trimetoprim
  • Valaciclovir
  • Zidovudina

Fonte : Sociedade Brasileira de Pediatria

Sobre o autor deste texto